Tag Archives: coréia

Luna Lee

9 jul

Oi pessoal!

Esse domingo eu estava muito marota fuçando no facebook do IdeaFixa, quando me deparei com uma versão coreana  e feminina de Jimi Hendrix!

Luna Lee toca o Gayageum (ou Kayagum) de forma inusitada de uma forma que preenche a alma e o espírito. É impressionante como o instrumento coreano foi bem adaptado as músicas ocidentais e modernas de forma tão natural.

Para quem não sabe (ou não pesquisou na wikipedia) o Gayageum é um instrumento tradicional coreano de 12 cordas pertencente a família das cítaras.  Hoje se fazem gayageum de 21 cordas (como o de Luna). No oriente existem muitos instrumentos similares como o koto japonês (tocado pelas Geishas) e o guzheng da China.

Num resumo bem básico do que eu li sobre o instrumento, ele vem da Era dos Três Reinos da Coréia por volta do Século VI pelo Rei Gashil – que mandou um músico chamado Wu Ruk compor uma música num antigo instrumento chinês. Durante a Dinastia Shilla,  Wu Ruk desenvolveu o instrumento chamado Gayageum.

Clique aqui se você quer saber mais sobre cítaras e harpas.

E para finalizar a segunda música que eu mais gostei tocada pela Luna (a primeira foi Voodoo Chile): Mary had a little lamb!

Gisaeng – as Geishas coreanas

26 jun

Oi Pessoal!

Lembram daquele post sobre geisha, que eu traduzi? Então, achei esse texto da mesma autora (Kallie-Szczepanski) sobre o equivalente coreano das geisha: as gisaeng.

Gisaeng eram mulheres artistas altamente treinadas que entretinham homens com música, conversa e poesia na antiga Coréia – muito similares as geisha do Japão. Gisaeng com alto grau de técnica serviam a corte real, enquanto outras trabalhavam nas casas dos yangban ou autoridades eruditas. Algumas ainda eram treinadas em outras áreas como enfermagem, enquanto as de menor status (e menor habilidade)  também trabalhavam como prostitutas.

Jovem gisaeng palaciana em Seul, Coréia. 1910-1920 Library of Congress Prints and Photos, Frank and Francis Carpenter Collection

Tecnicamente, as gisaeng eram membros do cheonmin ou classe escrava. Oficialmente pertenciam ao governo, que as registrava e assegurava que toda criança nascida delas permanecesse na classe cheonmin. Quaisquer filhas de gisaeng eram criadas para se tornar gisaeng também.

Sete garotas aprendizes de gisaeng, ou geishas coreanas. Library of Congress Prints and Photographs, Frank and Francis Carpenter Collection

 

As gisaeng também eram conhecidas como “flores que declamam poesia”. É provável que tenham se originado no Reino Goryeo (935-1394), e continuaram a existir em variações regionais pela era Joseon (1394-1910).

Também são conhecidas como: ginyeo
Escrita alternativa: kisaeng

Texto original: http://asianhistory.about.com/bio/Kallie-Szczepanski-40912.htm