Archive | Gawd no! RSS feed for this section

Game of Thrones – Podcast Review: ‘The Rains of Castamere’

6 jun
Foi isso que você sentiu

Foi isso que você sentiu

E aí? Como vocês estão?

Em meio a uma leve confusão mental depois de combinar, Prozac, Xanax, Toddy e vodka (BRINKS), trazemos pra vocês o Podcast de Review do episódio 09 da terceira temporada de GoT – “The Rains of Castamere“. Acho que não tem muito o que comentar além do que já circula na Internet. Por um lado foi horrível, mas por outro, não tem como não deixar de se impressionar com o fato de uma história fictícia causar um impacto tão real. Isso é sinal de uma obra bem feita, creio eu.

Mas tem uma coisa boa! Dessa vez o Podcast vem marotíssimo pra ouvir and baixar direto no Soundcloud!

Agora, se você é old school que nem o pessoal do Norte, clica aqui!

E claro, sempre tem a nossa honrada playlist no Grooveshark! Mas cuidado!

final-feliz-ramsay

Ok, ok, chega de sofrer! Vamo dar uma animada, né?? Em vez do espalhar o horror e o desespero, azamiga são uns amores, e te dão uma bateria de gifs pra esquentar o coração (clica neles pra ver bonitinho!):

tumblr_mmpwypYlye1qhuajdo2_250

tumblr_ml5xfx4QHa1qm6rtso3_250

tumblr_ml5xfx4QHa1qm6rtso8_250

tumblr_mlg4lg0i7P1qg0lheo2_r1_250

tumblr_ml5xfx4QHa1qm6rtso1_250

Beijo e até semana que vem, pra encerrar a temporada!

AVISO: Não importa o que aconteça em Game of Thrones, a Mila e a Nick continuam falando muito palavrão.

Ninja Assassino – o Crepúsculo das Artes Marciais

26 abr

Doctor, halp!

Será que eu to exagerando? Não sei se você tiver coragem, assista e tire suas próprias conclusões. Mas antes deixa eu contextualizar e garantir a você caro(a) leitor(a) nerd de que não vale a pena.

Primeiramente, eu fiz uma coisa que nunca se deve fazer: eu confiei na capa. Nunca faça isso. Eu sou designer, eu sei que o designer da capa pode ser melhor que o autor do livro/ diretor do filme. Então o mínimo que se deve fazer é ler a sinopse. Mesmo que você baixe da internet, melhor saber do que perder tempo com atuação ruim e falta de clímax.

Procurando a imagem eu descobri que tem o 2 dessa coisa…ohgodwhy?

Outro fator que me levou a alugar esse filme foi a citação dele em Kill Bill 2 pela B. B. Obviamente não era esse filme o qual a filha de Beatrix Kiddo se referia e sim um bem mais antigo, chamado Shogun Assassim. Mas eu ingenuamente pensei que pudesse ser um remake ou algo do gênero.

Esse é o filme citado pela B.B. – cortesia a Nick que achou o nome pra mim! ❤

No fim eu confundi os nomes.
Bem sobre o filme. Sempre desconfie de um filme sobre ninjas em que japoneses falam em inglês sem haver ocidentais por perto. Não que todo filme de ninja precise ser em japonês, mas é que o filme começa com um massacre num estabelecimento Yakuza (que parece mais uma gangue adolescente, mas whatever…), então sei lá… acho que faz sentido essas falas iniciais serem em japonês. Nem que fosse pra dar um clima.

Enfim, até mais ou menos a metade do filme – que estou assumindo que era pra ser o clímax da história – o filme segue dois personagens: Um ninja e uma pesquisadora forense.

A pesquisadora trabalha para um órgão de polícia internacional e está tentando convencer seu chefe a investigar assassinatos cometidos por clãs ninjas. Por que ela começa a investigação? Who cares? Ela é curiosa e quer provar para o mundo que ninjas existem, porque aparentemente no filme eles são seres quase míticos.

É eu sei… continuando:  ela convence o chefe descrente em 5 minutos. 5-FUCKING-MINUTOS. E logo eles estão sendo perseguidos pela corregedoria, governos, ninjas e afins (ok, isso foi só pra resumir a parte deles na história que por sinal, é muito chata e nada a ver).

Na parte do ninja, fica meio que um ciclo. O principal é a história dele durante o treinamento dentro do clã. Como se ele estivesse lembrando enquanto faz coisas aleatórias como lavar a roupa, lutar com outra ninja na lavanderia, treinar, fazer inversão numa meia cama de pregos… entre outros…

Ok, muito lenga lenga, atuação ruim e efeitos especiais com shurikens depois, os dois se encontram por motivos semi explicados (ele vai protegê-la, mas ninguém diz como ele consegue saber sobre ela já que ele se desligou do seu clã) e o filme segue por cenas de ação, luta nas sombras, sangue e mais shurikens 3Ds, além da continuação da história do ninja.

Ah! Eu mencionei que no fim da história de como ele saiu do clã o ninja cai de um prédio de sabe R’lhor quantos andares na água (e ele tem vários cortes profundos e está sangrando loucamente)?

Kill me, please!

A reta do final do filme é uma sequência de atos mal planejados e sem sentido.
ATENÇÃO PARA OS SPOILERS A SEGUIR se é que você vai assistir essa belezura

O ninja é levado até a sede do clã para ser executado pelo seu líder. (Detalhe: estavam tentando matá-lo esse tempo todo e de repente resolvem levar ele vivo pro Mestre Supreme, quem se importa né?) E, como ele estava com um localizador, a pesquisadora, o chefe dela e uma tropa de fuzileiros saídos do inferno chegam na sede do clã pra explodir a porra toda!

Não achei gif dos militares explodindo a bagaça, vou deixar isso pras fangirls. BTW o ator que faz o Raizo (ninja protagosnista) é o que tá dançando aí no meio!

Luta sangrenta com vários oponentes (de novo), luta contra rival e finalmente a vendetta! Os efeitos seriam até legais se não fosse o enredo caquento.

Descobri um tumblr do filme. Espero que as fangirls não me matem depois do review…

E por fim após uma estocada no peito da pesquisadora forense (que se chama Mika, só para constar) o Mestre do clã Ozunu (eu to colocando os nomes agora porque já avisei que tinha spoiler) faz com que Raizo (o ninja protagonista) eleve o seu cosmo e atinja o Ki lvl 7000 mais de 8000 só o Goku para fazer um FINISH HIM no Mestre maldito.

E aí ele sai do dojo em chamas com a mocinha no colo. Ela acabou de levar uma estocada no peito e a espada foi retirada, todos estão tristes… MAS ela NÃO MORREU! Por que? Por que seu coração fica do OUTRO lado! Sim! Afinal um furo no pulmão e uma hemorragia interna não matariam ela.

E a produção achando que essa era a melhor piada…

Ok, eu admito que é a melhor piada…

P.s.: Antes que ma apedrejem, quem faz o ninja Raizo é o cantor pop Jung Ji-Hoon, mais conhecido como Rain.
Foi o que eu me dei ao trabalho de pesquisar, deal with it.