Mulheres Samurai – parte II: Tomoe Gozen

4 jul

Tomoe Gozen, c. 1157–1247, uma samurai da época da Guerra Genpei, com sua naginata (alabarda de ponta curvada) encostada. Library of Congress Prints Collection

Durante a Guerra Genpei (1180-1185), uma bela jovem chamada Tomoe Gozen lutou ao lado de seu daimyou (e possivelmente seu marido), Minamoto no Yoshinaka, contra as forças do primo dele, Minamoto no Yoritomo.

Tomoe Gozen (gozen é um título que siginifica “lady” / “senhora”) foi uma famosa espadachim, ótima cavaleira e arqueira soberba. Ela foi a primeira captã de Minamoto, e tomou a cabeça de pelo menos um inimigo durante a Batalha de Awazu em 1184.

A Guerra Genpei

No fim da era Heian, a guerra Genpei foi um conflito civil entre dois clans samurai, os Minamoto e os Taira. Ambas as famílias queriam o controle do xogunato. No fim, o clan Minamoto prevaleceu e estabeleceu o xugunato Kamakura em 1192.

Os Minamotos não só lutaram contra os Taira. Como mencionado anteriormente, diferentes lordes Minamoto lutaram entre si. Infelizmente para Tomoe Gozen, Minamoto no Yoshinaka morreu na Batalha de Awazu. O primo dele, Minamoto no Yoritomo, se tornou xogum.

Os relatos variam quanto ao destino de Tomoe Gozen. Alguns dizem que ela ficou na luta e morreu. Outros que ela saiu cavalgando da batalha, carregando a cabeça de um inimigo e desapareceu. Há ainda outros que afirmam que ela casou com Wada Yoshimori, e virou sacerdotisa após a morte deste.

O retrato de Tomoe Gozen

A história de Tomoe Gozen inspirou muitos artistas e escritores por séculos.

Um ator interpretando a mais famosa mulher samurai do Japão, Tomoe Gozen. Library of Congress Prints Collection

A imagem acima mostra um ator em uma peça de teatro kabuki de meados do século XIX retratando a famosa mulher samurai. Seu nome e imagem também brilho em um drama chamado Yoshitsune do canal japonês NHK, bem como histórias em quadrinhos, romances, animes e jogos de video game.

Felizmente para nós, ela também inspirou um grande número de xilógrafos japoneses. Por nenhuma imagem contemporânea dela existir, os artistas foram livre pra interpretar as feições dela. A única descrição dela de que se tem conhecimento, do Contos do Heike, afirma que ela era bela, “com pele branca, cabelos longos e feições encantadoras”.

A mulher samurai Tomoe Gozen desarma um guerreiro. Library of Congress Prints Collection

Esta belíssima descrição de Tomoe Gozen a mostra quase como uma deusa, com seu longo cabelo e tecidos de ceda flutuando atrás dela. Ela possui as sobrancelhas tradicionais da mulher da era Heian – as sobrancelhas naturais foram raspadas, e outras mais grossas foram pintadas no alto da testa, perto de onde começa o cabelo.

Aqui, Tomoe Gozen está tomando o sabre longo (katana) de seu oponente, que caiu no chão. Ela segura o braço esquerdo dele firmemente e pode tomar sua cabeça também.

Tomoe Gozen, c. 1157–1247, tocando o koto (topo) e cavalgando para a guerra (abaixo). Library of Congress Prints Collection

Esta impressão intrigante de 1888 mostra Tomoe Gozen no painel de cima num papel tradicional feminino; ela está sentada no chão, seu longo cabelo solto, tocando o koto. No painel abaixo, no entanto, ela possui o cabelo alto em um poderoso coque, ela trocou sedas por armadura, e empunha uma naginata ao invés do koto.

Em ambos os painéis, cavaleiros enigmático aparecem ao fundo. Não está claro se eles são aliados ou inimigos, mas em ambos os casos ela está olhando por sobre o ombro para eles.

Textos originais de Kallie Szczepanski.

Parte I – Imperatriz Jingu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s