Gisaeng – as Geishas coreanas

26 jun

Oi Pessoal!

Lembram daquele post sobre geisha, que eu traduzi? Então, achei esse texto da mesma autora (Kallie-Szczepanski) sobre o equivalente coreano das geisha: as gisaeng.

Gisaeng eram mulheres artistas altamente treinadas que entretinham homens com música, conversa e poesia na antiga Coréia – muito similares as geisha do Japão. Gisaeng com alto grau de técnica serviam a corte real, enquanto outras trabalhavam nas casas dos yangban ou autoridades eruditas. Algumas ainda eram treinadas em outras áreas como enfermagem, enquanto as de menor status (e menor habilidade)  também trabalhavam como prostitutas.

Jovem gisaeng palaciana em Seul, Coréia. 1910-1920 Library of Congress Prints and Photos, Frank and Francis Carpenter Collection

Tecnicamente, as gisaeng eram membros do cheonmin ou classe escrava. Oficialmente pertenciam ao governo, que as registrava e assegurava que toda criança nascida delas permanecesse na classe cheonmin. Quaisquer filhas de gisaeng eram criadas para se tornar gisaeng também.

Sete garotas aprendizes de gisaeng, ou geishas coreanas. Library of Congress Prints and Photographs, Frank and Francis Carpenter Collection

 

As gisaeng também eram conhecidas como “flores que declamam poesia”. É provável que tenham se originado no Reino Goryeo (935-1394), e continuaram a existir em variações regionais pela era Joseon (1394-1910).

Também são conhecidas como: ginyeo
Escrita alternativa: kisaeng

Texto original: http://asianhistory.about.com/bio/Kallie-Szczepanski-40912.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s